páginas batidas


Sobre as coisas

É bom ver,

de repente,

de novo,

tudo novo.



Escrito por Carol às 16h06
[ ] [ envie esta mensagem ]


esse é um texto teste

quero aprender a linkar descentemente na blogsfera



Escrito por Carol às 23h06
[ ] [ envie esta mensagem ]


Recauchutada

Alterções no blog!

Bordô é mais alegre, né? Aquele cinza já tava me deixando muito prá baixo.

É... Eu tenho um Blog Bordo. Chique, hein?!



Escrito por Carol às 22h52
[ ] [ envie esta mensagem ]


Bom, né?

BH tá bombando! Olha só:

     

Los Hermanos dia 23/07 no Mix Garden e Cordel no Lapa

Orquestra Imperial no domingo, dia 24/07!

E tá rolando também o Festival Internacional de Curtas, que vai até o dia 31.

Que bom!



Escrito por Carol às 21h36
[ ] [ envie esta mensagem ]


Degradê

Eu acho que eu dei uma viajada... Mas vai lá. Vê alguma semelhança física entre eles? Eu vejo um leve degradê.

Ringo Star

 

O cara chato do filme da Amelie Poulain

Tarso Genro (atual presidente do PT)

 

 




Escrito por Carol às 19h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


"Filmes Teatrais"

Entendo bulhufas de cinema brasileiro. Na verdade eu só vejo os filmes – e já ouvi falar alguma coisa aqui ali sobre Glauber Rocha, Cinema Novo, pornochanchada.

 

Minha experiência é basicamente os filmes do Didi e da Xuxa quando eu era criança. Alguns mais interessantes , ainda na infância, como A Guerra dos Bonecos e O Menino Maluquinho . E uma quantidade razoável de filmes  pós Carlota Joaquina.

 

Portanto eu posso estar falando merda. Não reparem.

 

Uma coisa que me irrita no cinema brasileiro são os filmes adaptados do teatro e essencialmente teatrais ainda. A Dona da História, por exemplo.

 

 

 

É um filme baseado em uma peça teatral  ( homônima). A história é interessante, inclusive para o cinema também.

 

Mas... A movimentação dos personagens e da câmera, o tipo de fala ( cheia de trocadilhos e brincadeiras com as palavras), a própria encenação e postura corporal... Tudo remete ao teatro! Eu não gosto disso. Cinema é cinema, ora bolas. Outros recursos, outros aspectos, outros meios, outras linguagens devem ser explorados para se contar uma história.

 

Vamos à sala de cinema para apreciar coisas diferentes do teatro.

 

Tenho a impressão de que isso persistirá no cinema brasileiro. Pois são os filmes mais comerciais que são assim. São roteiros mais simples, o que deve inclusive facilitar a produção do filme e a aceitação do público – sei lá também se é isso mesmo....

É, mas eu continuo não gostando.



Escrito por Carol às 15h36
[ ] [ envie esta mensagem ]


Receita de Inverno

Sanduíche

  • 1 cobre leito
  • Você
  • 1 lençol
  • 1 coberta fina
  • 1 edredom
  • 1 cobertor
  • 1 edredom

 

Junte tudo nessa ordem.

Não tem erro!

Fica uma delícia!    



Escrito por Carol às 11h00
[ ] [ envie esta mensagem ]


A Confissão ( Primeira Parte)

        -         Bom dia padre! Vim fazer uma confissão.

       -         Pois fale menina. Estou te ouvindo. Aliás, Deus está te ouvindo!

       -         Mas sabe padre... É que eu tenho vergonha...

       -         Ah menina! Deixe disso.

       -         Mas eu não vou conseguir falar nada!

-         Não tenha medo, minha filha. Ninguém vai descobrir.

-         E como o senhor garante isso?

-         É que não sou eu que estou te ouvindo. É Deus!

-         Uai!?... Então com quem eu to falando?

-         Ora menina. É comigo, o padre, é claro. Mas quem ouve é Deus!

-         Ah é? Posso saber como?

-          Você vai ou não vai se confessar?

-         Só se o senhor me responder como Deus pode me ouvir.

-         Pois eu só vou falar se você se confessar.

-         Agora é que eu não confesso mesmo!

-         Ah!!! Vai sim!

-         O senhor não pode me obrigar!

-         Como não! O Senhor pode te obrigar sim!

-         E posso saber como?...

-         Ora menina, você está me deixando nervoso!

-         Quem está  me deixando nervosa é você.

-         Se você não se confessar eu...

-         Você o que, hein?!



Escrito por Carol às 17h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


A Confissão (segunda parte)

    -         Ah! Sua petulante! @#$*&¨%*%$ !

-         Padre!

-         Olha o que você me fez falar!

-         Agora quer dizer que a culpa é minha?

-         É sim, ora! Se você não me fizesse essas perguntas eu não teria que dizer essas palavras.

-         Ah ta bom....

-         É sim!

-         Não é não!

-         É sim!

-         Não é não!

-         É sim!

-         Tudo bem... Eu confesso padre. Mas só por uma condição.

-         Qual? Eu também tenho a minha.

-         Você deve me absorver sem as 300 Ave Marias da última vez.

-         Ok! E você não me pergunte mais como Deus consegue te ouvir, certo?

-         Tá bom. Mas eu ainda estou com vergonha...

-          Fale.

-         Ah seu padre!

-         Fale minha filha!

-         Tudo bem... Lá vai. É que....

 A menina pára. O padre aguarda alguns instantes. A menina não diz mais nada.

-         O que aconteceu filha?

Perdeu a voz.  



Escrito por Carol às 17h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


Ao meu amigo gaúcho Isaque, que tava querendo saber onde o seu presente foi colocado.

Olá Isaque! Ai está o seu presente... Queres saber onde ele está, certo?

A resposta é muito fácil...

Já dá prá saber?!

Olha ele aí no meu quarto!

    

Você já devia imaginar que ele estava ai, né?  

Combinou com meu quarto? Achou que ficou bonitinho?! (rsrsrs)

 



Escrito por Carol às 15h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


É pena que assim seja

Deputada Juíza Denise Frossard, em um programa da Globonews, citando uma frase de alguém, disse que a contravenção vai estar sempre no poder, não importa quem esteja lá, porque assim funciona o sistema. Concordo com ela.

   



Escrito por Carol às 16h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


Uma homenagem à dança e à cultura flamenca

Poeminha meio retardado, mas bunitinho, vai...

AS FESTAS DA ANDALUZIA

 

 

 

 

O sol se põe

Um manto vermelho cobre o céu

Chamando  todos

Para a festa logo mais

 

As guitarras gemem

As taças se enchem

O povo se anima

E começa  a cantar

 

Roupa de bola

Flor na cabeça

Sapato calçado

A espanhola vai dançar!

 

Sua alma se empolga

E enche de luz

O movimento exala

O que não pode conter

 

E todos bailam,

E todos brincam.

Como são bonitas

As festas da Andaluzia!

 

  

 

(Fotos: Daniela Penna, no festival La Sala - BH 02/07/05)

 

 

 



Escrito por Carol às 11h43
[ ] [ envie esta mensagem ]


Só prá constar...

Eu já tinha ouvido falar que o filme As Brumas de Avalon era muito ruim mesmo. Na verdade é uma série produzida para a TV (não sei se é inglesa, mas deve ser).

E realmente é. Tanto pelo figurino, pelos cenários, pelo casting, pelo roteiro, pela direção. É tudo muito caricatural de tão ruim.

Figurino - Personagens que deveriam ser discretos, como a Senhora do Lago Viviane, estão muito espalhafatosos...

Cenários - A casa da minha avó é maior que a Camelot do filme. E o castelo que eu construí pro teatrinho da escola quando eu tinha 12 anos era beeeeem mais bem feito.

Casting - Morgana e Viviane são altas e não "pequenas como o povo das fadas" e não são muito morenas ( como eu imaginei que deveriam ser).

Roteiro - O pior! -  O livro é escrito sob uma perspectiva não cristã... Relacionamentos incestuosos, relação entre pais e filhos, entre parentes são narradas e construídas sem "pudor cristão" nenhum. O filme deturpa isso completamente. Se Morgana no livro é irmã, amante e inimiga de Arthur, no filme ela é só irmã e o ama como um "irmãozinho" até o fim. Tem também umas cenas muito toscas, descontextualizadas demais, simplificadas demais a ponto de ficarem ridículas.

Direção - Não contribuiu em nada... Só conseguiu arrancar umas interpretações meia boca.

Sem mais comentários. É certo que de filmes adaptados de livros não devemos cobrar verossimilhança... Mas um pouco de coerência com a idéia principal, ou pelo menos, um pouco de qualidade, não é pedir demais.

 

  

 

 



Escrito por Carol às 10h44
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Meu humor



Tá batida, mas tá valendo
01/04/2008 a 30/04/2008
01/02/2007 a 28/02/2007
01/11/2006 a 30/11/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004




Esse é bom
 Meu Orkut
 Blog da Dani
 PJE - Regional Leste 2
 Fotolog (alguma coisa e tudo mais)
 Gardenal
 Zeta Filmes
 Gaveta do Autor
 Instante Anterior
 Rafael Galvão
 Pensar Enlouquece
 Gravatá
 Antítese de Quixote
 Eu diria que...
 Liberal Libertário Libertino
 O Biscoito Fino e a Massa
 Garotas Que Dizem Ni
 Marmota
 MadTeaParty
 Blog do Rafa
 Hideout
 Homem Chavão
 Monicômio
 Drops da Fal
 Biajoni!
 Kit Básico da Mulher Moderna